tit_sementes

Quem quer produtividade e rentabilidade só usa sementes de alta qualidade.

A utilização de sementes de excelente qualidade e livres de pragas e doenças é o primeiro passo para que o híbrido possa expressar seu máximo potencial produtivo.

A importância de utilizar sementes de excelente qualidade continua aumentando devido à mudança das estratégias de produção, tais como plantio precoce, menor espaçamento entre linhas, plantio direto ou sistemas de plantio nos quais o preparo do solo é reduzido. A utilização de sementes de excelente qualidade garante o melhor estabelecimento das plântulas de milho, que emergem rapidamente e são  capazes de tolerar condições adversas que possam ocorrer.

Qualidade e Tratamento de Sementes

Diversos fatores afetam a qualidade das sementes, entre eles podemos destacar os fungos, os danos causados por insetos e o armazenamento inadequado (temperatura e/ou umidade muito alta).

O tratamento de sementes desempenha um papel fundamental para o sucesso da emergência de plântulas de maneira uniforme em condições normais e sob condições adversas. O uso de tratamento de sementes é feito para proteger as sementes, no início do desenvolvimento da cultura, de doenças e pragas que afetam a emergência das plântulas e o seu desenvolvimento inicial.

Os fungicidas são utilizados para proteger as sementes e as plântulas de muitos patógenos de sementes ou de solo.

Os inseticidas servem para proteger as sementes e as plântulas de insetos praga encontrados no solo e que ocorrem nas fases iniciais do desenvolvimento da cultura.

O efeito do tratamento de sementes depende da qualidade das sementes, assim como das condições do campo no momento do plantio. Geralmente, o resultado de maior produtividade devido ao uso de tratamento de sementes está relacionado à proteção e manutenção da população de plantas.

Antes de escolher um tratamento de sementes, é essencial que o produtor observe os potenciais problemas associados com a semente e o histórico de problemas associados a cada local. Assim, para cada situação o produto recomendado pode ser diferente, considerando a qualidade das sementes, do cultivo e do preparo do solo, da umidade e temperatura (época de plantio). Por exemplo, numa área com histórico de problemas de doenças de solo, um tratamento com fungicidas irá melhorar a germinação das sementes.

Normalmente, o período de proteção é curto e geralmente só dura até o estabelecimento da cultura (aprox. 20 dias).


O tratamento de sementes industrial é muito recomendado devido aos equipamentos especializados necessários para a correta aplicação dos tratamentos ou para tratar grandes volumes de sementes. A principal vantagem do tratamento industrial é a calibração do equipamento, que garante a entrega da quantidade adequada de princípio ativo por unidade de semente (relação ingrediente ativo/unidade de semente). Isso se tornou especialmente importante com os fungicidas e inseticidas mais modernos. A cobertura completa da semente e a dosagem ideal podem ser difícil de alcançar quando o tratamento das sementes é realizado no campo, no momento da semeadura, com equipamentos inadequados. Todas as sementes tratadas devem ser coloridas para distingui-las dos grãos não tratados e evitar o uso indevido como alimento para o homem ou animais.

Todas as sementes tratadas devem ser coloridas para distingui-las dos grãos não tratados e evitar o uso indevido como alimento para o homem ou animais. O tratamento é recomendado para todas as sementes de milho para impedir ou reduzir a deterioração de sementes e plântulas e garantir um bom desenvolvimento inicial da cultura.


Tratamento de sementes e o milho YieldGard®


1) Contexto e aplicação
A produtividade na cultura do milho depende de vários fatores, sendo os principais a qualidade genética do híbrido escolhido (potencial produtivo), o clima, a altitude, a fertilidade, a época e a qualidade de plantio, o estabelecimento da população de plantas adequado(correlacionado com o desenvolvimento inicial) e o controle de pragas, doenças e de plantas daninhas.

Existem diversos fatores de difícil controle, não apenas o clima, mas o ataque de pragas na lavoura também é um deles, que varia ano após ano, reforçando a necessidade do monitoramento da área.

As pragas mais importantes na cultura do milho são a lagarta do cartucho, lagarta da espiga e broca do colmo, que vêm aumentando sua relevância e causando grandes perdas de produtividade(Kleffmann 07/08).

Com o advento da tecnologia YieldGard®, a broca-do-colmo passou a ser controlada e bem manejada,  a lagarta-do-cartucho e da lagarta-da-espiga passaram a promover a supressão. No entanto ainda existe controle químico para as pragas que só apresentam supressão, dependendo se a nota de ataque chega a dano econômico.


2) Benefícios do tratamento de sementes com Neonicotinóides
O produto (neonicotinóide) é absorvido rapidamente pela semente, sendo amplamente distribuído dentro da plântula, proporcionando maior proteção contra os insetos sugadores, e gerando maior certeza de produtividade, com os seguintes impactos:

- Melhor arranque inicial
– Melhor aproveitamento de água e nutrientes
– Redução do tempo de exposição aos fungos e insetos.

Os produtos a base de neonicotinóides são efetivos no controle de insetos sugadores, o que faz desta classe de produto a melhor opção para o controle dos percevejos.


3) Comparação de produtividade
A Monsanto realizou ensaios em 19 locais no Brasil durante a safra 09/10 onde o tratamento com neonicotinóide apresentou produtividade 1,3% superior às sementes não tratadas e 0,2% superior às sementes tratadas com Thiodicarb.



4) Qualidade Monsanto do tratamento semente
Diversos testes foram conduzidos para assegurar elevado padrão de qualidade nos seguintes requisitos: precisão na dosagem, vigor e germinação.

Ensaio de Produtividade


5) Comparação do uso Tratamento na Fazenda vs. Industrial

2) Benefícios do tratamento de sementes com Neonicotinóides

O produto (neonicotinóide) é absorvido rapidamente pela semente, sendo amplamente distribuído dentro da plântula, proporcionando maior proteção contra os insetos sugadores, e gerando maior certeza de produtividade, com os seguintes impactos:

• Melhor arranque inicial;

• Melhor aproveitamento de água e nutrientes;

• Redução do tempo de exposição aos fungos e insetos.

Os produtos à base de neonicotinóides são efetivos no controle de insetos sugadores, o que faz dessa classe de produto a melhor opção para o controle dos percevejos.

Tabela de Comparação do uso Tratamento na Fazenda vs. Industrial
Tratamento de Sementes na Fazenda Tratamento de Sementes Industrial
Investimento e tempo
Necessidade de máquinas e espaço físico, somado ao esforço adicional de tempo
Sementes prontas para plantação, proporcionando segurança e conveniência
Dosagem e Qualidade
Não proporciona a dose ideal e boa cobertura das sementes, prejudicando a eficiência do produto
Utilização da dose ideal, com equipamentos que possibilitam uma cobertura uniforme
Avaliado por critério visual
Preservação da integridade física, evitando quebras e rachaduras
Equipe
Não preparada para garantir a qualidade do tratamento
Investimentos em laboratórios garantem equipe especializada para garantir tratamento preciso e produtos de máxima performance
Risco de Contaminação
Pode danificar fisicamente as sementes, comprometer a saúde do tratador e contaminar o meio ambiente
Equipamentos industriais modernos e adequados, com sistemas computadorizados, garantem um tratamento adequado
Produto
Impacta curta validade
Validade não comprometida



6) Recomendações Técnicas
– Dessecar a área entre 21 e 28 dias antes do plantio: contribui para a redução das pragas remanescentes da cultura anterior, ou que se mantém em áreas de pousio;
– Monitoramento da área no momento da dessecação: identifica se há ou não a presença de insetos praga na área.

Após o monitoramento da área, caso exista uma alta pressão de pragas remanescentes (lagartas ou percevejos), é recomendável a aplicação de inseticidas antes do plantio.


voltar